sábado, 9 de junho de 2012

PARA ROMEU E JULIETA



Sábado a noite, me colocar para assistir algo relacionado à Shakespeare, seja real ou fictício, é certo que a consequência será um texto...mais precisamente um ensaio ao que se pode chamar de poesia. E assim foi, assim nasceu a combinação de palavras abaixo...100% inspiradas na história proibida de Romeu e Julieta, e de 'Shakespeare Apaixonado' - eu recomendo !


'PARA ROMEU E JULIETA'

'Que o sonho de viver um grande um amor não apodreça trancado na masmorra
Que a aventura da paixão atravesse o mar que separa duas ilhas distantes
A loucura cega, enlouquece, ensurdece, mas bombeia o coração com sangue

E quando vc conseguir escalar os moinhos da poesia
Quando vc encenar a peça como ator principal
Não se esqueça que a plateia quer  bater palmas quando tudo acaba
Seja chorando ou gargalhando

Portanto decore as falas como se fossem suas
Morra como se fosse seu o crepúsculo
Mas acima de tudo, viva como se fosse seu o sonho, seu o amor, sua paixão, sua loucura
Existem cenas que nunca mais se repetem, nem mesmo depois do bis.'

Nenhum comentário:

Postar um comentário